27 de fev de 2012


As vezes tenho medo de amar, medo de me apegar, de criar expectativas além do que devo. […] E essa insegurança vai, aos poucos, alimentando minha frieza. Vai me distanciando cada vez mais do amor

Nenhum comentário: